1.2.09

Férias acabaram...será?


Pela primeira vez nesses últimos 30 dias me sento no computador sem culpa...as férias acabaram, que se dane...como assim? Acabaram? Não tem que preparar aula? Pesquisar videos, fotos, preparar flipcharts, checar vocabulário novo, pensar como vou trabalhar esse assunto com essa turma 'x' que tem alunos que são 'y'?? Como assim sentei no computador sem culpa?
Pois é, sentei sem culpa porque não to preocupada se o chão tá sujo ou se tem roupa pra estender na corda ou pra passar no cesto, amanhã minha Néia tá de volta! huh huh!!! Quem disse que as férias acabaram? Agora que elas vão começar...

Não vou mais me preocupar com o que vou fazer amanhã de almoço, nem em acordar cedo pra estar com ele, o almoço, tá gente? pronto as 12:30 quando o marido chegar pra almoçar...que saco! Não nasci pra ser mulherzinha. De vez em quando a gente até gosta né? Fazer um agradinho, dar uma de empregadinha, colocar o som alto enquanto limpa a casa, dar uma sambadinha...hummm, como fiz isso esse mês! Mas passou de uma semana já perdeu a graça, odeio rotina!

Minha natureza não é essa, as vezes acho que nasci com espírito de homem, e daqueles bem machistas! Gosto de chegar em casa e encontrar tudo arrumadinho, as crianças limpinhas e cheirosinhas, a comida pronta, poder sentar pra ver minha novela ( futebol não...também não exagera né?) , colocar as pernas pro ar e pensar em nada!

Bem, brincando de Poliana um pouquinho, esse mês em casa trabalhando teve seu lado positivo: muito tempo com as crianças, oportunidade pra organizar aquelas gavetas e armários que você nunca tem tempo , nem paciência pra organizar ( na verdade, lem lembra que eles existem!) , e principalmente, descobrir coisas novas sobre as pessoas a sua volta, isso é muito bom, descobri, por exemplo, que meu filho é mesmo um companheirão pra todos os momentos, como ele me ajudou sem nem precisar pedir, como ele é solidário comigo e amigo, chegava, às vezes, até a questionar: " mas porque você tem que arrumar a casa, varrer e passar pano em tudo todo dia?"; pois é, filho, obrigada pela observação, só ouvir isso de você já valeu todo o trabalho... mas tem coisas que a gente não explica né?

Enfim, é o fim, ou melhor, o começo...minhas férias de mulherzinha começaram!! Eba! Voltei a ser só mulher , sem diminutivos, talvez adjuntos, orações subordinadas, apostos...de negócios, que trabalha fora, decidida, trabalhadora, que não gosta de fazer nada em casa...muitos complementos....

Um comentário:

Danyelle de Oliveira Santos disse...

É verdade, Kátia....
Preparar flipchart é infinitamente mais gostoso que varrer a casa...aff...

By the way, tô muito triste pq a gente não vai se encontrar esse semestre!!!! Como assim???? :-(