21.2.10

A mancha de uva - uma metáfora da vida

Lá vai uma metáfora da vida que me veio à cabeça hoje de manhã:



Um dia seu filho aparece com uma mancha na blusa do uniforme. Sabe aquelas manchas difíceis de sair, tipo mancha de suco de uva? Pois então, você está cheia de trabalho pra fazer, sem tempo nenhum e deixa ele sair hoje com aquela mancha mesmo, depois você dá um jeito. Ao sair de casa, pode ter certeza de que ele irá cruzar com várias pessoas que irão reparar na mancha, ela parecerá um borrão enorme nos olhos de algumas pessoas que irão dizer e pensar: " Nossa, que mãe desleixada, relapsa, deixa seu filho sair de casa todo sujo, com roupa manchada, com certeza é uma péssima mãe." A partir daquele momento você virou um fracasso de mãe perante vários olhos.



Se, no entanto, você ao ver a mancha, dispõe de algum tempo para solucionar o problema, então começa a tentar tirá-la com os produtos tradicionais, mas não obtem resultado. Então apela pra modernidade: vai pra internet e pesquisa "como tirar manchas de suco de uva". Tenta então várias maneiras, a primeira piora ainda mais a situação, você agora precisa tirar a mancha da mancha, e lá se foram umas duas horas de fracasso. Então se lembra da infalível vovó, liga pra ela e segue sua sugestão ao pé da letra. É claro que funciona, grandma knows best ( A vovó sempre sabe das coisas!). Então você lava de novo a blusa, seca e passa. Pronto! Lá está ela, linda e alva novamente! Lá sai seu garotão impecável para a escola. Ele desce a rua, ninguém o nota, ninguém o vê, ninguém percebe sua blusa branquinha, ela não estampa as horas que você gastou e o seu suor para obter aquele resultado. Você não ganhou nenhum elogio, nem em pensamento, de mãe dedicada e comprometida, seu ponteirinho na escala de mãe idal não subiu nem um ponteirinho por isso.



Moral da história: Não adianta o quanto você faça todos os dias, ninguém vai notar, ninguém vai perceber, mas no dia que você falhar, todos estarão na espreita para te apontar. Portanto, não aja esperando reconhecimento de outros, não faça o certo para que alguém o elogie, faça por si mesmo, faça o que deve para manter sua cabeça erguida e leve, e se algum dia a mancha de uva não sair, que se dane! coloque um casaco por cima, troque a blusa, tente qualquer outra alternativa criativa e honesta, mas não mostre seus pontos fracos nem perca o bom humor!





Kátia Ruivo (21/02/10)

12 comentários:

Everton Domingues disse...

O melhor de uma boa mamy é o abraço gostoso q a gente nunca esquece. Com o sem manchas q não saem. Esses momentos 'relapsos' que olhos julgadores gravam, se esvaem rapidamente da lembrança dos juízes (as) de plantão. Ahhh, mas o abraço grandãoooo, a bitoca antes de dormir, oo papá quentinho... essas memórias ficam.
Mamy knows best!!!!

Abraços e uma ótima semana

Dany disse...

I couldn't agree more.
Às vezes me chateio tanto por não ter o reconhecimento pelos meus feitos que dá vontade de fazer tudo errado...rs
Mas aí entra a questão da consciência tranquila, o que me faz pensar que fazer do jeito certo é a melhor opção.

disse...

Adorei o texto ..perfeito.Eu passei por uma fase que eu vivia chateada pq eu não reconhecida por nada que fazia.Eu aprendi a me valorizar ,seguir de cabeça erguida,isso é otimo.Atualizei o blog.Tenha uma otima semana.Bjus

sobrefatalismos disse...

Faz sentido. O reconhecimento nunca é nosso aliado.

Fatinha disse...

Oi Katia tudo bem?
Gostei do seu post e concordo com tudo. Quando a gente acerta ninguém elogia, mas errou ou deixou de fazer, já era você é taxada como uma esposa desleixada ou uma mãe relachada. Mulher sofre mesmo, a cobrança é enorme. Mas com esperança e fé a gente ultrapassa essas dificuldades.
Até mais!!

Dani Antunes disse...

"Não adianta o quanto você faça todos os dias, ninguém vai notar, ninguém vai perceber, mas no dia que você falhar, todos estarão na espreita para te apontar."

Muito boa conclusão. :)

Adorei!!

Bjinho
Saudades...

Jortas disse...

Adoro mulheres fortes e pragmáticas.
Mesmo gostando de uva, da vida, adorei sua alegoria.
Geralmente a primeira ideia é sempre a melhor.
Gostei mesmo de seu cantinho

Beta disse...

Muito bom, Katinha!

Você está escrevendo cada vez melhor... e essa metáfora foi qualquer coisa de fantástica!

Beijos saudosos,
Beta.

Engraçadinha disse...

Bem... não é de hoje q eu ando com o foda-se ligado para opinião pública, ou seja...

Dany disse...

Oie!
Tem selinho p/ vc lá no blog... :-)

Alline disse...

O importante é a gente saber que fez o bem. ;)

Tem selinho pra ti lá no blog - também...

Beeeeeeeijo!

♥ ALÉM DO GIZ ♥ disse...

Oi Kátia Querida. Estou passando para dizer que retornei com o Além do Giz ao Blogger. Depois de inúmeros stresses no Wordpress, resolvi voltar pq não consigo parar de blogar. Espero que nossa amizade continue assim mesmo, depois de tantos transtornos.Espero vc lá.Bjos.