12.8.09

Paranóia de mãe

Tem épocas que entro numa "nóia" louca com as crianças. Estou passando por mais um período desses. Socorro, estou sofrendo!

Olho pra eles e começo a imaginar um monte de besteiras: "E se algo acontecer com eles? O que eu faço da minha vida? Meu Deus, proteja meus bebês!" Logo me dá uma vontade de chorar do nada! Que sofrimento louco!

Acho que é tudo por causa dessa gripe doida, essa situação está mexendo comigo...deixei o junior ir pro curso hoje, pela primeira vez depois de todo esse alarde, isso porque meu marido foi levar e buscar pra ele não pegar ônibus e correr menos risco, mesmo assim estou tensa.

Milena está estranha, está meio devagar ( ela é geralmente ligada no 220v!) , toda hora ela chega pra mim e diz: " mamãe, nao estou bem..." Sabe o que é uma pequenininha de 6 aninhos falando isso pra você? Detona com o coração da gente...

Já to com a cabeça a mil por hora, sabe como? Já to imaginando que ela está começando a ficar doente. Decidi que vou dormir com ela essa noite, é melhor assim. Dessa forma, Flávio dorme com Junior e pode ficar de olho nele também- afinal, ele saiu de casa hoje...

Senhor Deus, me ajuda! Vou pirar!


P.S.: Amigos, desculpem-me pelo post de desabafo! Nem sei porque escrevi tudo isso aqui, mas acho que é mais um dos sintomas de minha paranóia.

5 comentários:

Danyelle Santos disse...

Eu tb ando meio doida, Kátia...
Caio dá um espirrinho e eu já fico ligada: será que vai ter febre? dor de cabeça?
A gente fica meio assim mesmo com tanta coisa ruim que acontece por aí...

Dri Viaro disse...

Kátia, qdo estes pensamento vierem repreenda-os, eu tb estava assim a algum tempo atras, só pensava em coisas ruins que poderiam acontecer com meus filhos, mas a gente tem que entregar nas mãos de Deus e confiar e sempre orar pra que Ele guarde os nossos e a nós tb.

bjsss

Kátia Ruivo disse...

Bem que eu tento, Dri, as vezes dá certo, mas de vez em quando o coração aperta, sabe como? Estamos muito paranóicas mesmo né, Dani? tomara que esse verão chegue logo...

disse...

Katia eu não tenho filhos ainda mais tenho 4 sobrinhos,nossa eu fico maluca só de imaginar eu fico maluca,fico policiando as minhas sobrinhas se lavaram as mãos,se passaram alcool gel.Eu entendo muito bem Katia.Oque me deixa mais calma é fé que tenho Deus,sei que esse nosos bom Deus está protegendo eles sempre. Atualizei o blog.Bjus

Ge Rocha disse...

Querida, indiquei um selinho pra vc, passa lá "em casa".