28.10.09

Pisando nas nuvens


Amar, sentir e falar – são os verbos que me movem.
Gosto de chorar com filmes dramáticos,
Mas odeio drama de choros fingidos. 
Me comovo com injustiças e me inquieto com questões insolúveis
O impossível me desafia...
Sou intempestiva, impulsiva e ativa.
Inocente, insistente, porém crente,
Crente na transparência da alma, do coração, da mente
Descrente da falsidade, da impunidade, da iniquidade...
Vingança não devia rimar com esperança
Esperança combinaria mais com justiça
Seja ela divina ou terrena, mas sempre precoce, nunca tardia.


Se eu pudesse por fim a uma palavra, ela seria: Preconceito.
Preconceito marca, suja, pesa.
Preconceito é ter pré-conceito sobre o que não se conhece,
E não querer conhecer.
“Sabe lá se acabo descobrindo que estou errado?”
Melhor não saber.
Fechar os olhos para o mundo ao nosso redor
Não faz com que os problemas desapareçam,
Eles apenas somem de seus olhos,
De sua vida,
De seus pensamentos.
Mas lembre-se que:
Mesmo aquele que não quer ver, nem pensar,
Continua a transitar por entre o mundo real,
mesmo embriagado por suas fantasias e loucas alucinações.


Sua mente pode até divagar , mas seus pés ainda pisam na lama.

26 comentários:

Dany disse...

Que lingo, Kátia!

"Fechar os olhos para o mundo ao nosso redor
Não faz com que os problemas desapareçam,
Eles apenas somem de seus olhos,
De sua vida,
De seus pensamentos."

Adorei essa parte!

Carla Martins disse...

Kátia, simplesmente amei! Muito profundo, cheio de sentimento! Lindo!

beijos

Bleeding_Angel disse...

Bonito texto, nos leva msm a reflexaum...
Vejo q assim como eu, tu eh uma pessoa mto intensa, valorizo mto isso.
Naum ha nada q me irrite mais do q choro fingido, de gnt manipuladora, q naum assume os proprios erros e joga toda a carga deles nas costas dos outros.
Tbm naum admito injusticas embora naum possa evita-las e me sinta impotente.
Enfim, me identifiquei com varios trechos deste poema.
Parabens, vc escreve mto bem.
Bjos

Bleeding_Angel disse...

Ah, vou linkar seu blog ao meu ok?
Bjos

DESASSOSSEGADA disse...

lindo texto adorei

Thainá Vivas disse...

Adorei o texto e a mensagem que ele passa. Pura verdade!

Luiza disse...

Que lindo menina!!
Adorei, li bem devagarinho para sentir as palavras e com toda certeza está muito certas. Nossa certas coisas não dá para engolir, são simplesmente irritantes, fingimento, preconceito (isso é abominável), e outras coisas que estão presentes no dia a dia, mas não adianta se iludir né?
Bjs

Ma disse...

Amiga: Depois de ler todos os posts qiue eu perdi eu te digo em um coment só:
Vc é 10!!!

Ma disse...

Amiga: Depois de ler todos os posts qiue eu perdi eu te digo em um coment só:
Vc é 10!!!

Raquel Machado disse...

Oi flor, vim fazer-te uma visita lindo poema...concordo muito com o que disseste sobre preconceito...as vezes a gente se deixa levar por coisas futeis e bobas...ah aproveito e te deixa um convite ao meu blog voce acredita em magia? Se puder da uma passadinha la e deixa tua opiniao. Bjos

Alline disse...

Bom passar por aqui hoje. Brigada, Kátia!

Cristina Bernardes disse...

Gostei muito...Poema que nos faz pensar...

Beijos e até breve.

disse...

Que texto profundo e cheio de verdades e reflexões.
Kátia, muito obrigada pela visita e já estou te seguindo também seu blog é maravilhoso.
Agora vou ler mais pouquinho.
Parabéns você escreve muito bem mesmo!
Beijos!

Luma Rosa disse...

Não dá para entender quem vive neste mundo e não se deixa envolver pelas coisas que vê. Ou não vê, né? ou finge que não vê. Não sei. Mas tem gente que é feliz estando nem aí para questões, até mesmo próximas à ela. Egoismo total!

Bom dia!! Beijus,

disse...

Lindo demais o texto,muito verdadeiro.Ainda ontem estava comentando com um amigo sobre pessoas preconceituosas,são pessoas pequenas,com essas atitudes egoistas....Lidar com esse tipo de pessoas é muito ruim né.Atualizei o blog.bjus

Coisas de casados disse...

Lindo mesmo Kátia! Posso copiar e postar em meu blog tb, lógico que com os devidos crédito...rsrsrs.
Bjs

Simone Santos disse...

Sim o poema da Lya Luft é do Perdas e Danos, e eu tb adooro ela, vim agradecer a vc pela visita ao meu blog e dizer que adorei o seu, vou seguir, e sempre que puder visite o meu, aceito sugestões e dicas...bjs e tudo de bom sempre!!!
www.simonemais.blogspot.com

Ana Paula Ruggini Zarpelon disse...

Estou precisando de um help, vi que o povo comenta bastante os seus posts. Você tem algum sistema especial para isso ou seus seguidores são realmente assíduos? Eu tenho bastante visitas diariamente, mas os comentários são quase nulos.

Agradeço a ajuda...

Ana

Páginas da minha vida disse...

foi vc quem fez esse texto? porque minha nossa,vc tem um talendo incrível que é escrever!!! tá de parabéns!!!! achei lindo ele!!!

bjs

Kátia Ruivo disse...

Queridos, obrigada pelos elogios, sim o texto é meu sim e quem quiser postar qualquer um dos textos do colcha, pode ficar a vontade, é claro, só peço que não esqueçam de colocar os devidos créditos.
obrigada pelo carinho.
bjs

Liciane disse...

Amiga, lindo texto! Parabéns!!
O mundo seria tão melhor se não existisse o preconceito...

Beijos e ótimo fim de semana!!

pietri disse...

intrigrante seu texto, você realmente tem uma bela maneira de escrever.
sempre te acompanho mesmo que de modo calado.
aguardando..

Lúcia disse...

Lindo texto, me identifiquei bastante!! Bjins

Valdeir Almeida disse...

Kátia,

De fato, a palavra preconceito poderia ser definitivamente abolida. Não apenas a palavra, mas seu significante.

Se pudéssemos ter esse poder de "matar" palavras, héin?

Ótima reflexão.

Beijos e bom final de semana pra você.

Valdeir Almeida disse...

Quando você puder, visite meu blog, ok?

Viviane Patrice disse...

ola amiga, ja me add como tua seguidora... passe no meu blog e retire o selinho que vc quiser para postar aki.....bjs

http://vvmundo.blogspot.com