25.2.09

Mude sua atitude. Cresça!

Sempre tive fama de ser esquentadinha, nervosinha e até barraqueira. Não desminto, acho que é bem verdade, ou ao menos foi por um bom tempo. No entanto, acredito que as pessoas amadurecem e tendem a refletir sobre suas atitudes, pelo menos deveria ser assim com todos, e procuram mudar, melhorar comportamentos e atitudes que passam a considerar inadequadas ou até destrutivas, atitudes que não nos acrescentam sabedoria, benefícios nem materiais ou espirituais.
É incrível como você começa a enxergar as coisas e até as pessoas de maneira diferente quando resolve mudar suas próprias atitudes. Você começa a observar comportamentos a sua volta que até certo tempo atrás, as vezes, até lembravam o seu, e percebe o quanto as pessoas são imaturas, infantis e rasas. Sim, rasas. Rasa no sentido de superficial, sem conteúdo, previsíveis e sem perspectivas, sem novidades, tão repetitivas e ordinárias ( ordinária não em seu sentido pejorativo, ordinária como sinônimo de comum mesmo ). Você fica por um bom tempo sem ver, ter notícias, saber nada sobre essa pessoa e quando a encontra ou ouve sobre ela percebe que nada mudou, tudo continua do mesmo jeito, parece que ficam paradas no tempo, literalmente batendo na mesma tecla; como é triste isso...
Considero esse tipo de atitude quase que um suicídio emocional e espiritual. Agir dessa forma é abrir mão de sua própria existência, da história de sua vida, aquela que deve ser escrita por você mesmo e mais ninguém, cabe a você decidir se você irá construir um futuro melhor ou se vai apenas sentar e aguardar o tempo passar enquanto olha e critica os outros pela janela de sua existência. Não abra mão de si mesmo, todos somos capazes de mudar nosso rumo e escrever, ou reescrever, nossa própria história. Basta querer mudar, você vai ver como sua qualidade de vida vai mudar, e muito! Sou prova viva disso.

"Quando somos abandonados pelo mundo, a solidão é superável; quando somos abandonados por nós mesmos, a solidão é quase incurável." (Augusto Cury)


Um comentário:

Danyelle de Oliveira Santos disse...

Kátia, adorei seu texto!!!!!!!!
Eu ainda tenho que mudar muiiiiiiito, mas estou bem melhor! :-)
E vc tá linda heim! Arrasou!
Beijocas e saudade!