13.10.09

Dualidades

Estava lendo um post muito interessante aqui e fiquei pensando sobre o assunto.

Será que um relacionamento onde dois são apenas um pode dar certo?

E se der, qual é o mérito de um casamento bem sucedido onde não há personalidades diferentes, opiniões divergentes ou gostos distintos? Isso, nada mais é do que se dar bem consigo mesmo...

Amar alguém deve ser aceitar suas inconstâncias,
entender suas neuras e aceitar suas (des)virtudes.
Se não houver diferenças, aparas a serem acertadas,
não há acertos, nem acordos a serem cumpridos,
regras a serem quebradas,
brigas e choros
para serem calados com o afago das pazes
com a pressa e o fogo do reencontro.
A vida é feita de dualidades, todos sabemos,
só há claridade se houver escuridão,
só há calor na ausência do frio.
A presença vem apagar a ausência.
Portanto, fica a questão:
Se não houver o desacordo, o choro, o grito,
também não terei o abraço, o beijo e a paixão do perdão?

Talvez um pouco de dor até valha a pena...


"Casamento é um livro escrito a duas mãos." ( Kátia Ruivo )





"Life has taught us that love does not consist in gazing at each other, but in looking outward together in the same direction" 
(Antoine de Saint-Exupery)

 ( A vida nos ensinou que o amor não consite em olhar um para o outro e sim olhar em frente, na mesma direção )



21 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Casamentos onde os dois são um só, certamente um deles está cedendo muito e o outro dominando muito. Divergências são naturais quando duas pessoas estão juntas...

Obrigada pela sua visita!

Beijocas

Luma Rosa disse...

Concordo com o comentário acima. Em um casamento que dois se tornam um, alguém se anulou!
Acho super errado uma pessoa querer mudar a outra. Afinal, quando começou a amar, começou por causa do pacote todo, não é? Querer mudar a pessoa, é querer idealizar um amor criado dentro de nós e que não existe na realidade.
As pessoas se somam no sentido de troca de experiências e de convivência. No mais, adotar a 'jeito' do outro é fraqueza de personalidade. Beijus,

Dri Viaro disse...

Que vc tenha uma boa semana
beijos

Dri Viaro

Bia Mendonça disse...

Eu desconfio muito desses relacionamentos onde "dois são apenas um", e por experiencia proprio digo que um deles esta se anulando. Nao existe ninguem igual a ninguem, sempre ha opinioes diferentes, mesmo que gostos sejam parecidos!

bjs

Dany disse...

A graça não é ser igual ao outro, mas ser tão diferente e ainda assim ser capaz de aceitar o outro...
Isso é que é amor!
Aceitar uma "cópia" sua é muito fácil...
Beijos!

Mitti disse...

Oi Katia querida!!

casamento é algo complexo demais...ontem fui descobrir que meu ex não gostava de um monte de coisas que eu fazia...

mas ele nunca reclamou...como eu ia adivinhar né?

Eu concordo que casamento é mesmo uma dualidade onde as diferenças de um completa o outro....não existe (eu acho) um casal com personalidade, tudo iguais...

bjinho pra ti

DESASSOSSEGADA disse...

Concordo que devem haver diferenças pois que graça teria se todos gostassem do amarelo.. ...o que seria do azul?

Bjos

Ge Rocha disse...

É Kátia, concordo com suas palavras. Se casamento fosse só "doce" todos os dias, a gente não aprenderia que um pouquinho de azedo melhora as relações, não só essa com o marido e esposa, mas aquelas lá fora, os amigos, parentes... enfim. Ninguém vive plenamente em paz sempre.

Desabafando disse...

É, concordo com sua conclusão...se virou 1 é porque há submissão ou sufocamento da própria identidade e personalidade...sinal de que algo não vai bem né?

E obrigada pelo seu conselho...concordo que pessoas interesseiras acabam trazendo muita energia negativa...estou cortando isso aos poucos da minha vida..rssrsrs..

Carla Martins disse...

cada casamento é de um jeito. Se dá certo com diferenças, ótimo. Mas, se dá certo sendo igual, ótimo também. Cada um com seu cada um, deixa o cada um dos outros! O importante, no final das contas, é que o relacionamento acrescente e seja feliz.

beijinhos

Liciane disse...

Adorei o post.
O casamento seria mais tranquilo se não complicássemos tanto...
Não sei porquê valorizamos tanto os defeitos do outro...

As afinidades são muito importantes.

Beijos querida!! :)
e ótima terça!

luluonthesky disse...

Gostei das observações acima, casamento q dois são um, com certeza um diz amém pra tudo e não é assim. Cada um tem suas próprias opiniões, suas manias, particularidades, defeitos, se fosse tudo igual ia ser a maior chatice.
Big Beijos

Luciana P. disse...

Também acho que casamento seja um livro escrito a duas mãos... porque diferenças devem existir, caso contrário, não tem graça.
O que não pode é viver a dois quando o sentimento se foi, quando não há mais sintonia e coisa nenhuma.
Acho que podemos viver bem com alguém sendo nós mesmos.
Coisas iguais, não sei, acho que não tem aquela tensão boa que está ligada às emoções... A menos que a pessoa seja do tipo que só gosta de lago e nunca apreciará o mar em fúria, rsrsrs.
Beijos, adorei o tema e o texto!

La Sorcière disse...

Kátia, achei sua frase perfeita!!!!
Sou totalmente diferente de meu marido, o que às vezes gera algum conflito, mas na maioria das vezes, um quebra a rotina do outro, ou surpreende.....
Bj

Luciene Medeiros disse...

Olá minha linda amiga blogueira, como vai?
Aceita ganhar um selo? rsrsrs
Então... passa lá no "Meu Cantinho" (http://lucienedemedeiros.blogspot.com) e pega pra vc. Ele todo seu, rs!!!
Bjks!!!

Igor André disse...

Acho para uma relação ser realmente saudável, os envolvidos devem:

estar juntos por escolha e não por falta de opção.

jamais esquecer sua de si mesmo em detrimento do outro.

Acredito que tais premissas deixam as coisas muito melhores.

Até Breve!!

Ps.: mais sobre o assunto pode ser encontrado em ordemincaos.blogspot.com, tag relacionamentos.

Te espero lá.

Atenciosamente,

I.A. (ordemincaos.blogspot.com)

disse...

Casamento vc tem que aceitar a pessoa como ela é,os dois ser uma só pessoa com certeza um deles não tem personalidade propria ai acho que nãio é legal.Atualizei o blog.Bjus

Cruela Veneno da Silva disse...

eu não acredito em nada de "alma gêmea" "opostos se atraem" "amor eterno amor"...

acredito que pessoas se encontram e que elas tem afinidades sexuais.

depois disso todo o resto se resolve, ou não.

Liciane disse...

eu de novo!! kkkk

Tem selinho pra vc no Acorda Menina!!

Beijos e ótima quarta!

Luciene Medeiros disse...

Olá Kátia!
Tem mais selinhos pra vc lá no "Meu Cantinho"
(http://lucienedemedeiros.blogspot.com)
Bjks!

Alline disse...

Se tivesse um duplo ao meu lado iria morrer de tédio e de irritação. A graça justamente está na diferença. Mas diferença com respeito e aceitação, lógico.

Beeeeeeeijo